29 de maio de 2020

Trabalhadores dos Correios de Catalão apresentam sintomas de Covid-19, denuncia sindicato


Três trabalhadores dos Correios foram confirmados com Covid-19 em Catalão. Outros funcionários apresentam sintomas, com suspeita de contaminação pelo coronavírus. A denúncia é do Sindicato dos Correios de Goiás.

Segundo o sindicato, na última semana, três funcionários tiveram confirmação da doença. A entidade cobra da empresa pública providências necessárias para garantir a segurança dos trabalhadores. Entre elas, a realização da limpeza imediata do local; a desinfecção e a testagem de todos os funcionários da unidade como medida profilática, sem pagamento do plano de saúde; a liberação dos profissionais para trabalho remoto e o fechamento da unidade.

O sindicato ainda denuncia que a empresa não está seguindo o protocolo profilático, que indica procedimentos a serem tomados em casos de contaminação de um empregado.

Caso não sejam atendidos, o sindicato ameaça adotar medidas judiciais. Além de uma greve ambiental.

Resposta

A empresa, no entanto, rebate, por meio de nota. Segundo o comunicado, os Correios adota medidas de proteção à saúde dos seus empregados, clientes e fornecedores desde março.

Sobre o centro de distribuição em Catalão, a nota esclarece que todas as medidas profilática foram adotadas. Além disso, todos os empregados passaram por exames.

A unidade passou por um procedimento de higienização na semana passada. E outra sanitização foi realizada na quinta-feira, 28.

Leia a nota resposta dos Correios na íntegra:

Desde o mês de março, os Correios vêm adotando sucessivas medidas de proteção à saúde de seus empregados, clientes e fornecedores, em função da pandemia do novo Coronavírus. Além de intensificar as orientações ao efetivo quanto aos cuidados básicos de higiene e procedimentos de limpeza dos ambientes e equipamentos, todos os empregados têm acesso a álcool em gel e máscaras laváveis. Foram instalados, ainda, painéis de acrílico em mais de 5 mil guichês de atendimento e também será providenciada a vacinação contra gripe para todos os empregados. Dessa forma, a estatal tem garantido a prestação dos serviços postais, considerados essenciais pelo Decreto nº 10.282/2020 da Presidência da República.

Os Correios estão acompanhando a situação de saúde dos seus empregados, prestando o apoio necessário e, também, atuando para garantir o bom funcionamento das atividades operacionais. As orientações da empresa relacionadas ao afastamento de empregados em casos suspeitos de COVID-19 permanecem válidas. Ocorrendo a suspeita de contaminação entre os empregados, a empresa providencia ações de sanitização em todo o ambiente da unidade e o afastamento imediato da pessoa que possa estar infectada.

Sobre o centro de distribuição em Catalão, todas as medidas elencadas acima já foram adotadas. Todos os empregados passaram por exames. A unidade passou por um procedimento de higienização na quinta-feira (21). E outra sanitização foi realizada ontem (28).

Os Correios lamentam eventuais transtornos à população, neste momento de adversidade e adaptação de todos os setores da sociedade. A empresa reitera que está trabalhando para viabilizar, com segurança, a continuidade de suas atividades, essenciais para atender a população nesse momento em que mais precisa.

 

Fonte : Jornal Opção