15 de setembro de 2020

Trabalhador da Fagundes sofre grave acidente na unidade Fosfato, em Ouvidor

                               Foto: Reprodução
 
 
 Um trabalhador da empresa Fagundes (Construção e Mineração), que presta serviços para a CMOC, sofreu um grave acidente na noite de ontem (14), na unidade Fosfato, em Ouvidor.

De acordo com informações apuradas pelo Blog Diante do Fato, o funcionário, que tem a função de encarregado, fraturou cinco costelas e a bacia e apresentou sintomas de pneumotórax .

O fato teria ocorrido por volta de 23h30, quando um caminhão carregado estragou na unidade onde é retirado o minério.

O reboque do caminhão começou a ser feito com uma grande carregadeira, com uso de cambão.

O cambão teria quebrado, e ao invés de buscar outro, alguém teria autorizado a retirada do caminhão do local, empurrando um pouco o veículo para o acostamento, onde seria sinalizado, e nesta terça-feira (15), iriam resolver a situação.

A carregadeira encostou na traseira do caminhão, foi quando o trabalhador manobrou a camionete do lado do veículo. Quando ele estava colocando calços na camionete, na frente e atrás nos pneus traseiros, não percebeu que o operador da máquina estava empurrando o caminhão, que bateu na camionete. A mesma tombou em cima dele.

A vítima escapou de ser esmagada, pois agiu rápido, e evitou que o acidente pudesse ser fatal.Nesta terça-feira(15), ele fez novos exames para verificar as lesões nos pulmões e possíveis problemas na coluna e foi transferido na parte da tarde, do Hospital São Nicolau para o Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG).

O Blog Diante do Fato apurou que o acidente pode ter sido ocasionado pela falta de comunicação, entre operador da carregadeira, operador do caminhão e o trabalhador vitimado.

 

Veja o vídeo conseguido com exclusividade pela equipe do Blog Diante do Fato que mostra o momento exato do acidente.

 

 

O Blog Diante do Fato entrou em contato com a Fagundes, e o senhor Ariel afirmou que informações sobre esse acidente só poderiam ser repassadas pela CMOC.

Já a Assessora de Imprensa da CMOC, Lidia Freire, informou que a empresa não vai se pronunciar sobre o assunto.