1 de setembro de 2020

Técnica de enfermagem é espancada dentro do Hcamp de Catalão

Uma técnica de enfermagem teve uma de suas mãos quebradas depois de ser agredida na noite desta segunda-feira, 31 de agosto, no Hospital de Campanha para Enfrentamento do Coronavírus, em Catalão. Segundo informações  as agressões partiram de uma mulher, acompanhada do marido, que estava inconformada com a demora da liberação do resultado de uma tomografia. A profissional de saúde, de 51 anos, foi agredida no rosto, chutes na cabeça, puxões de cabelo e fraturou uma das mãos. Uma paciente também foi agredida pela mulher.
 
O fato ocorreu por volta das 20 horas no Hospital Materno Infantil, bairro Nossa Senhora de Fátima, onde está funcionando o Hospital de Campanha. A Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou ao local o casal já tinha desaparecido. A tomografia, conforme informações da própria prefeitura, não é realizada na unidade de saúde e sim em outro local, mas a mulher não teve paciência e se irritou com a técnica de enfermagem que não tinha responsabilidade sobre o caso.
 
Foi registrado um boletim de ocorrência e a agressão será investigada pela Polícia Civil. O último boletim da Covid-19 em Catalão revela que o município já registrou 1.480 casos da doença e 47 mortes.