21 de setembro de 2021

Sargento da PM-GO, que estava de folga, salva a vida de homem que tentou suicídio, em Ouvidor

2º Sargento da PM, Wendel, lotado no 9° CRPM de Catalão, salvou a vida de um homem, em Ouvidor, que tentou suicídio.

Na tarde de ontem (20), o 2º Sargento da PM, Wendel, lotado no 9° CRPM de Catalão, salvou a vida de um homem, em Ouvidor, que tentou suicídio. A vítima havia colocado fogo em um quarto, e em seguida, amarrou um lençol no pescoço, preso a uma janela.

De acordo com informações levantadas pela reportagem do Blog Diante do Fato, uma viatura policial foi acionada por Wendel, que estava de folga. Com voz aflita, ele relatou para os militares de serviço, que um homem estava atentando contra a própria vida.

De imediato, foi solicitado apoio, e a viatura policial deslocou-se até Ouvidor, uma vez que os militares estavam realizando patrulhamento em Três Ranchos, que fica cerca de 15 km daquele município. Eles estavam há 10 minutos do local. Quando a viatura chegou, havia várias pessoas no endereço informado pelo policial Wendel. Eram familiares e amigos preocupados.

O Blog Diante do Fato ainda apurou que um vizinho recebeu uma mensagem, via whatsapp: uma foto da vítima, com o lençol no pescoço, amarrado à janela. O homem, ao ver a imagem, teria ido à casa, em direção ao quarto, percebendo uma grande quantidade de fumaça saindo pelas frestas da porta. Como a mesma estava trancada, ele tentou quebrá-la com chutes, e quando percebeu que não conseguiria, foi até a casa do Sargento Wendel, que estava de folga. A residência do militar fica cerca de 30 metros do local do fato.

Foi quando Wendel solicitou apoio da viatura policial, porém ao ser informado que os policiais estavam em Três Ranchos, decidiu derrubar a porta que estava trancada e com um guarda-roupas impedindo a passagem. Mesmo com muita fumaça, o Sargento conseguiu desamarrar o lençol do pescoço da vítima, que já estava desacordada, e com o rosto escuro por falta de oxigenação.

O policial carregou-o até a cama, e aos poucos o homem foi recuperando a consciência, momento em que a viatura policial chegou ao local. Uma ambulância também foi acionada.

“Foi muita sorte eu estar em casa e poder ajudar. Se ele estivesse sozinho ali, infelizmente, ele teria conseguido tirar a própria vida, e o pior poderia ter acontecido. Fico feliz de, com o conhecimento e a técnica aplicados, cumprir a minha missão de servir, proteger e salvar vidas”, disse o 2º Sargento.

A ocorrência de Ouvidor nos lembra que estamos no mês conhecido como Setembro Amarelo. Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.