23 de fevereiro de 2021

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DE CATALÃO APREENDEM MAIS DE 100 QUILOS DE MACONHA

Na tarde de hoje, segunda-feira (23/02), após troca de informações entre as forças de segurança, policiais civis do Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos de Catalão (GENARC) da 9ª da Delegacia Regional de Polícia Civil (9ª DRP), e policiais militares do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) – 18° Batalhão de Polícia Militar, conseguiram surpreender em flagrante delito três investigados no exato momento em que chegaram na cidade de Catalão e tentavam esconder aproximadamente 103,5 quilos de entorpecente do tipo maconha em uma casa no Bairro Eldorado.

Diante da situação de flagrante delito, os três investigados, que possuem idades de 19, 26 e 31 anos de idade, sendo que este último é assessor de um parlamentar do Paraná, receberam voz de prisão em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, foram conduzidos à sede do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos de Catalão (GENARC), e estão sujeitos a uma pena que variará entre 08 e 25 anos de reclusão, em regime fechado.


De acordo com informações da própria Polícia Civil, o jovem de 31 anos de idade, preso nessa operação, é funcionário público, e está lotado na Câmara dos Deputados com o cargo de assessor parlamentar de deputado federal do Estado do Paraná, e sua remuneração é de R$ 8.600 reais.

Após as formalidades legais os autuados foram encaminhados ao sistema prisional onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário local.


Suspeitos de tráfico, entre eles um assessor parlamentar de deputado federal do Paraná, foram levados para sede o Grupo Especial de Repressão a Narcóticos de Catalão (GENARC).

Fonte: Polícia Cívil