3 de junho de 2012

Isso é um Absurdo está querendo enganar a população de Catalão!!

 ISSO É UM ABSURDO que 300 mil não dá pra custear nem os funcionarios pra tomarem conta dos leitos , imagina aparelhagem , medicaçoes , lençois , leitos , esse prefeito acha realmente que o povo é bobo !!!

Velomar autoriza R$ 300 mil por mês para a nova UTI da Santa Casa

Com mais essa medida do prefeito, sobe para R$ 620.000,00 o montante que pode ser repassado todo mês pela Prefeitura à Santa Casa

 

O prefeito Velomar, a provedora da Santa Casa, Elaine Rosa Teixeira, e o secretário municipal de saúde, Anwar Safatle, participaram, nesta quinta-feira (31/05), da inauguração do Espaço de Saúde Cora Coralina – ala com mais oito apartamentos construída com recursos próprios do hospital filantrópico e que custou cerca de R$ 480 mil. Na ocasião, também foi lançada a Pedra Fundamental para a construção de mais 11 leitos na UTI da Santa Casa de Misericórdia de Catalão. O investimento com a Unidade de Terapia Intensiva, que deve ficar pronta em dezembro deste ano, será de R$ 500 mil, com recursos da própria Santa Casa.

Mas o encargo mais oneroso da nova Unidade de Terapia Intensiva – com pagamento mensal de materiais e profissionais da área médica – será custeado por meio de recursos da Prefeitura de Catalão. Agora, além do repasse mensal de R$ 320 mil para manutenção do Pronto Socorro da Santa Casa, a Prefeitura de Catalão ficará responsável também pela manutenção dos novos leitos de UTIs (cerca de R$ 300 mil/mês). Com mais essa responsabilidade, o repasse mensal da Prefeitura de Catalão para a Santa Casa poderá ser de R$ 620 mil “A Santa Casa é um patrimônio da comunidade e nós acreditamos na seriedade dos gestores municipais ao firmar essas importantes parceiras, beneficiando diretamente a população”, disse Elaine Rosa Teixeira, provedora da Santa Casa.

Aumento de 8 para 23 leitos de UTI

Com essa medida, Velomar praticamente triplica a quantidade de leitos de UTI mantidos pela Prefeitura em três hospitais de Catalão. Segundo o prefeito, o aumento na oferta de vagas na UTI da Santa Casa é uma conquista essencial e que põe fim ao drama de muitas famílias quando precisam de tratamento intensivo de um parente. “Atualmente contamos com oito UTI’s e agora conseguimos, através do Ministério da Saúde, o credenciamento de mais quatro vagas no Nasr Fayad; com a construção de mais 11 leitos na Santa Casa, vamos chegar ao total de 23 unidades de terapia intensiva”, destacou, acrescentando que a aquisição de aparelhos será discutida num momento oportuno, mas que também será fruto de parceria com o município.

Para o secretário de saúde, a ampliação da unidade desafoga o sistema básico de saúde e dá oportunidade às pessoas mais carentes de aproveitar melhor o espaço de saúde pública do município. “Todas as iniciativas são para minimizar os problemas de saúde em Catalão”, lembrou Anwar, acrescentando que o repasse mensal para os 4 leitos de UTI do Hospital Nasr Fayd será de aproximadamente R$ 100 mil por mês.

Com o novo convênio, o repasse mensal da Prefeitura de Catalão à Santa Casa agora pode superar em R$ 120 mil o valor destinado ao Hospital Materno Infantil, mantido pelo município, que é aproximadamente R$ 500 mil.