1 de abril de 2021

Imóveis da Coacal, em Catalão, está abandonado e vira morada de usuários de drogas

 

Moradores estão preocupados com a atual situação do espaço

 

Um espaço comercial desativado se transformou em uma enorme dor de cabeça, em Catalão. Localizado na rua Moisés Santana, no São João, vários imóveis da Cooperativa Agropecuária de Catalão (Coacal) está fechado há anos e desde então, virou um enorme mocó no meio do bairro, o que preocupa moradores e comerciantes da região.


O espaço abrigava esse laticínio, que teve por objetivo, atender os associados da Coacal, dentro das exigências estabelecidas, sempre primando pela qualidade dos seus produtos. Lá era produzida uma vasta linha de produtos lácteos como: leite pasteurizado integral, queijo muçarela, manteiga de leite, iogurte dos sabores (morango, coco, pêssego e salada) e doce de leite pastoso, além de um completo sistema de recebimento e resfriamento de leite.

 
Devido à grande dívida adquirida pelos antigos  diretores, em fevereiro de 2018, ocorreu o fechamento do laticínio, fábrica de ração e loja, todos pertenciam a Coacal, que representa os produtores de leite do município de Catalão. Por anos e anos, é visivelmente notório as dificuldades financeiras que a cooperativa estava enfrentando, haja vista a tamanha regressão que a entidade teve nas últimas duas décadas.

Caso mais recente, foi o fechamento do posto de combustíveis, que funcionou sem pausa por cerca de 40 anos, além do fechamento das lojas.


No entanto, hoje, quem passa por lá, encontra paredes deterioradas, marquises destruídas, vidros quebrados e outras marcas de abandono. E, mesmo trancado, é fácil perceber cobertores e outros objetos deixados por moradores de rua.

Além disso, vizinhos dizem que é muito comum encontrar usuários de drogas pelo local. O espaço, onde funcionava o posto de combustível, está sendo reformado para ser a sede da secretaria municipal de agricultura de Catalão, e onde era a loja da cooperativa agropecuária está fechado e abandonado.

 

O local bastante usado por usuários de drogas também está servindo de esconderijo para alguns produtos furtados na região, e sempre a Polícia Militar de Catalão é acionada no local, pelos moradores.

 

Deixamos o Blog Diante do Fato à disposição para ouvir a atual diretoria da Coacal sobre a questão abordada nessa reportagem.

 

Escrito por; Thiago Ferreira / Fotos; Blog Diante do Fato