18 de maio de 2020

Homem é preso suspeito de atirar contra a ex-mulher, em Catalão, mulher e a filha dela foram mantidas em cárcere privado por horas.

Um homem foi preso suspeito de manter em cárcere privado a ex-mulher, de 37 anos, e a filha dela, de 14, em Catalão. A Polícia Militar informou que ele ainda atirou no abdômen da antiga companheira, que está internada até esta segunda-feira (18). Segundo a corporação, o casal já estava separado há um ano, mas ele não aceitava o término do relacionamento.
 
“Efetuou disparo dentro da residência que atingiu a mulher no abdômen. Um disparo. Após essa atitude, as equipes de imediato entraram e conseguiram render o autor. Foi apreendida a arma de fogo. e a vítima socorrida”, relata o major J. Junior.
 
O caso aconteceu no final da tarde de domingo (17). A mulher disse à polícia que está separada do investigado há um ano e que foi à casa dele para buscar uma roupa, quando foi surpreendida e presa dentro da residência. Os policiais foram acionados por vizinhos, que perceberam uma movimentação estranha na casa.
 
De acordo com a PM, a filha da mulher foi liberada pelo suspeito sem ferimentos e antes de o tiro ser efetuado. A mãe da adolescente foi socorrida e levada para a Santa Casa de Catalão. Até a manhã desta segunda-feira, ela seguia internada e com estado de saúde estável.
 
De acordo com a delegada Alessandra Maria de Castro, que investiga o caso, o homem confirmou que não aceitava o término do relacionamento, ficou transtornado e pegou uma arma de fogo. Durante a briga com a ex, conforme a polícia, ele disse que houve três disparos. O investigado disse ainda que não sabe se foi ele ou a ex-mulher quem acionou a arma.
 
“Ele disse que, quando viu a esposa lesionada, se arrependeu da briga e pediu desculpas. Ele tentou se suicidar, mas a PM conseguiu conversar com ele. Ele tem um ferimento e alegou que foi atingindo de raspão”, relata a delegada. A Polícia Civil disse que o suspeito vai responder por tentativa de feminicídio.
Fonte: G1 Goiás