22 de maio de 2019

Ex-militar invade igreja evangélica em Paracatu (MG) e dispara vários tiros; 4 óbitos confirmados.

Na noite desta terça-feira (21), um homem entrou na Igreja Batista Shalom, situada no Bairro Bela Vista, em Paracatu (MG), e disparou vários tiros de arma de fogo contra cerca de 20 pessoas que participavam de uma reunião no templo religioso.

Informações preliminares dizem que dois idosos foram mortos com tiros na cabeça. Sendo que um deles é o pai do pastor, Antes de ir até a igreja, o homem, identificado como Rudson Aragão Guimarães, teria ido até a casa da sua ex-namorada e a agrediu com uma facada no pescoço, Ela não resistiu e morreu no Hospital Municipal. Rudson era membro da igreja, mas a frequentava esporadicamente aosa cultos.

A Polícia Militar informou que ele já teve problemas com droga e, segundo o tenente-coronel Luiz Magalhães, do 45ª Batalhão de Polícia Militar de Paracatu, “tudo que indica que ele passou por um surto”.Após o tiroteio na igreja evangélica, o homem fez uma mulher refém, e, logo que a Polícia Militar chegou no local, ele a assassinou. Policiais dispararam contra o suspeito, que foi encaminhado em estado grave para o hospital.

O pastor da igreja conseguiu fugir do local com vida, mas sofreu uma fratura no tornozelo durante a fuga.

Segundo o major da PM, Flávio Santiago, o autor do ataque foi até a casa da mãe dele e esfaqueou a ex-namorada com um golpe no pescoço. Ela morreu no local.
Em seguida, ele foi até uma igreja batista da cidade, onde ocorria uma reunião fechada com aproximadamente 20 pessoas. De posse de uma garrucha calibre 36, ele atirou na cabeça de um senhor que estava no local.
Em seguida, ele recarrega e atira na cabeça de uma senhora. A PM chega no local e, ao perceber a presença dos militares, ele dispara mais uma vez e acerta na cabeça outra mulher que estava na igreja. Com isso, as três pessoas morreram no local.
“Se a PM não chegasse, o ataque poderia ter sido muito pior”, relata o major.

Fonte : Mais Minas