24 de agosto de 2020

Em Catalão, Elder Galdino propõe auxílio emergencial de R$ 300

O pré-candidato a prefeito de Catalão Elder Galdino (MDB) propôs a criação de um auxílio emergencial de R$ 300 para trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais e desempregados. Elder afirma que o auxílio poderá ser pago em dobro a mulheres que são chefes de família.

A proposta é inovadora e, até aqui, é também o fato mais importante da eleição para prefeito de Catalão. A cidade vê Elder como um personagem político novo, que pode quebrar os 20 anos de polarização entre o prefeito Adib Elias (Podemos) e o ex-prefeito Jardel Sebba (PSDB).

O formato do programa lembra o auxílio emergencial pago pelo presidente Jair Bolsonaro às pessoas de baixa renda. O valor proposto por Elder é também o mesmo valor pago pelo governo federal. Elder afirma que a pandemia causou forte crise econômica e que a prefeitura deve fazer a sua parte para diminuir o impacto da queda na renda, do desemprego e do aumento da pobreza.

“São nesses momentos que o poder público precisa agir com mais vigor”, afirma o pré-candidato a prefeito. “Venho de um lar humilde e sei o que é passar por dificuldades. Meu governo terá uma ação forte no amparo aos que mais precisam”. Elder diz que, se ele for eleito, o município vai “gastar menos com as panelinhas e mais com as pessoas”.

Elder explica que, já no primeiro mês, os interessados em receber o auxílio devem se cadastrar no site da prefeitura. Após análise, aqueles que se encaixarem no programa já começam a receber os R$ 300. “Catalão é uma cidade rica. O problema é que boa parte do dinheiro da prefeitura hoje é usado para sustentar a velha panelinha de sempre. Nós vamos acabar com isso”.