17 de fevereiro de 2021

Covid-19: Secretaria Municipal de Saúde de Catalão não exclui bombeiros de grupo prioritário para vacinação da Covid-19


A Secretaria Municipal de Saúde de Catalão, até o momento, não incluiu os militares do 10º Batalhão Bombeiro Militar de Catalão, como grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19, no Plano Nacional de Imunização.

Deste o início da pandemia, a corporação informou que 15 bombeiros militares já testaram positivo para a Covid-19. Um dos profissionais contaminado encontra-se internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu estado de saúde é considerado grave. As informações levantadas pela reportagem são de que cerca de 24% da corporação foi acometida com o vírus, desde o início da pandemia.

Os nossos militares do Corpo de Bombeiros de Catalão estão desde o início da crise sanitária, cumprindo seu dever, da mesma forma, motivo pelo qual a inclusão deles entre os grupos prioritários da vacinação é, antes de tudo, uma questão de reconhecimento do papel desenvolvido por eles e de justiça”. Os profissionais do Serviço Móvel de Saúde foram incluídos no programa de vacinação, vários deles já receberam a segunda dose da vacina.

O Corpo de Bombeiros presta esse serviço à comunidade e tem atendido, inclusive, pacientes com suspeitas de Covid-19, por isso, os bombeiros precisam com urgência da vacina. No total são 58 profissionais que compõem o efetivo do Corpo de Bombeiros de Catalão.

O único tratamento eficaz, até agora comprovado cientificamente em combate a Covid-19, é a vacina. A Secretaria Municipal de Saúde de Catalão tem que reconhecer a importância e a efetividade da imunização para o Corpo de Bombeiros Militar.

As informações também indicam que policiais do 18° Batalhão da Polícia Militar de Catalão também não receberam a vacina.