17 de janeiro de 2019

Após perseguição política, policial Militar de Catalão será transferido a pedido do prefeito Adib Elias

Nesta quarta-feira 16 de janeiro, os estagiários do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT), prestaram uma homenagem ao Subtenente Hudson.

Infelizmente a coação e a perseguição política sempre estiveram presentes em nosso país e não poderia ser diferente em nossa cidade, tendo em vista que estas ações mesquinhas o levarão para outra cidade, uma pessoa que enfrentou tantos perigos para manter a ordem e a segurança de nossa sociedade.

O que mais tem revoltado a população catalana é o fato de um Gestor covarde e vil está fazendo é completamente ilegal e tem mais, ele ameaçou, esbravejou em sua rádio e se posicionou como um verdadeiro ditador que é.

Porém, enquanto pessoa civil não tem que escolher policiais, isso fica a cargo da hierarquia que existe na corporação, ressalta-se que o militar está sujeito a ser transferido a qualquer momento, mas não dessa forma para atender aos caprichos de um determinado Prefeito.

Vale lembrar que o Subtenente Hudson terá a mesma integridade seja lá onde for sua história jamais será apagada. Antes de tudo, um cidadão exemplar que serve de modelo a inúmeros aspirantes as carreiras militares. Reza a lenda que ele mesmo baleado protegeu seus companheiros.

O Blog Diante do Fato externa o desejo de grandes realizações a esse policial que tanto fez em prol da nossa cidade e outras circunvizinhas. Fica registrado também, nosso repúdio e indignação acerca desse ato sórdido e torpe de alguém que se julga acima de tudo e de todos. Contudo, o tempo está passando de forma ágil e o ano de 2020 está próximo, a população irá às urnas e o voto será certeiro.

“O sonho representa a realização de um desejo” já dizia Sigmund Freud.