21 de janeiro de 2020

Após dez dias, menina que caiu de toboágua deixa hospital em Goiânia A mãe afirma em vídeo que a filha não teve sequelas e já se alimenta bem.

A criança caiu de altura aproximada de quatro metros.

A mãe da Luna Tavares, de 6 anos, gravou um vídeo com a filha para mostrar que ela se recupera bem da queda que sofreu da escada de um toboágua, em Catalão. Com a menina no colo, a mãe agradece as orações e informa que a filha teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no domingo (19).

Ao final da gravação, a menina manda beijos e uma mensagem de coração feita com as mãos. A criança não teve qualquer sequela, como explica a mãe no vídeo, e já se alimenta bem.

“Ela está melhor, anda, conversa e se alimenta bem. Não ficou com nenhuma sequela”, diz a mãe.
A menina caiu da escada de um toboágua de aproximadamente cinco metros de altura em um clube de Catalão, no sudeste de Goiás, no sábado (11). A menina teve traumatismo craniano e uma tomografia feita no Hugol detectou uma fratura no crânio e hemorragia no cérebro.

No dia 15 de janeiro, a tia da criança disse, também em vídeo, que ela acordou após a equipe médica diminuir a dosagem dos sedativos. Segundo a tia, ela conversou e até cantou naquela noite.

A criança estava com a mãe no clube. O pai da menina disse à época do acidente que não havia nenhum funcionário supervisionando o brinquedo quando a filha caiu.

Interdição
O Corpo de Bombeiros vistoriou o clube no dia 15 de janeiro e, no dia, interditou dois escorregadores, uma passarela sobre a piscina e o toboágua.

O presidente do clube, Rafael Abrão, disse que a criança caiu da escada do brinquedo e que ajuda na investigação do acidente. “A gente está fazendo um levantamento minucioso através das câmeras de vídeos para elucidar o acidente e ter certeza absoluta do que realmente aconteceu”.

A direção do clube também informou que no dia do acidente tinha um funcionário fazendo o controle das pessoas que usavam o brinquedo, como acontece em todos os dias de funcionamento do toboágua.

Fonte : G1/ Goiás