19 de março de 2020

SINDICOM, SINDILOJAS E ACIC/CDL EMITEM COMUNICADO

Em reunião conjunta foi decidido que para preservar a saúde dos trabalhadores, empresários e clientes, diante do cenário de pandemia, serão suspensas as atividades nas lojas e comércios de Catalão

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Catalão – SINDCOM e o Sindicato do Comércio Varejista de Catalão – SINDILOJAS se reuniram na tarde desta quinta-feria (19), na presença da Assossiação Comercial, Industrial e Serviços de Catalão – Acic/CDL para discutir medidas de prevenção à disseminação do Coronavírus.
No comunicado, as assossiações informam que o comércio da cidade deverá seguir as orientações do Governo do Estado, determinando o fechamento das lojas, evitando aglomerações e preservando a saúde e segurança dos trabalhadores, empresários e da população em geral. Ainda, ressalta-se a importância do cumprimento das orientações, visto que no decreto do Governador, foi informado que o descumprimento das normas é passível de aplicação de multa.

Para facilitar as medidas, o documento pontua que as empresas poderão fazer a compesação do banco de horas de trabalhadores que têm horas positivas e que podeem também conceder férias a quem estiver com férias dentro do prazo.

Quanto ao comércio varejista, as orientações são as mesmas do comunicado do Governador, permitindo o funcionamento de supermercados, farmácias, padarias e deliverys.

O Presidente do Sindicom, Everton Alves ressaltou a importância da conscientização da população neste momento, “Depois de muita discussão com o seguimento patronal, nosso sindicato conseguiu chegar num entendimento com as classes patronais e estamos orientando a todos sobre a importância do fechamento das lojas da nossa cidade. O objetivo destas ações é proteger os trabalhaores, empresários e toda população do Coronavírus. Precisamos da colaboração de todos, que empresários e trabalhadores acatem e respeitem o que é informado no comunicado”.
A determinação é válida a partir desta sexta-feira (20) e tem duração de 15 dias. O Sindicom destaca que a medida que novas informações forem surgindo, a respeito da evolução das decisões, no que tange as suspensões, atualizará a população, “Nos colocamos a disposição de todos, para ajudar no que for possível. E que unidos poderemos passar esse momento dificl”.