Os senadores goianos Wilder Morais (PP) e Ronaldo Caiado (DEM) votaram a favor da Reforma Trabalhista, que foi aprovada no Senado, ontem.
 
Os parlamentares vão sofrer desgaste, isso vocês podem ter certeza. A reforma de Michel Temer praticamente extermina os direitos trabalhistas, rasga a CLT e coloca o patrão numa posição soberana.

Na manhã desta terça-feira (11) a reportagem do Blog Diante do Fato recebeu uma denúncia grave em que a Sae e Celg estão envolvidos. Por questões de segurança, o denunciante terá sua identidade preservada.

Foram apresentados talões vencidos de energia da Sae – Superintendência Municipal de Água e Esgoto de Catalão. Por incrível que pareça, as contas somadas ultrapassam o valor de R$ 37 mil, em contas acumuladas dos últimos meses.

A mesma pessoa que denunciou fez o questionamento que todo cidadão catalano faria: “como manter o serviço de energia sem pagamento?”. Uma autarquia que acumula milhões não conseguir manter o pagamento em dia das contas de consumo, em específico de energia elétrica, e que, de alguma forma, mantém o fornecimento de energia mesmo com débitos acumulados. Isso é estranho e questionável.

“Independente das preferências políticas, seja o cidadão branco, preto, manco, desempregado. Seja ateu ou crente no Senhor. Pode ser pai de família, trabalhador. Pode ser a energia de um comércio que leva comida à mesa em casa, de uma instituição de ensino ou de caridade. Pode ser uma mera conta esquecida. Minha indignação não é pelo valor nem pelo fato de ser um órgão mantido pela administração municipal. Mas o pior é saber que são contas que têm sido ignoradas”, desabafou o denunciante.

A reportagem do Blog Diante do Fato procurou a Celg e não obteve resposta quanto à uma explicação plausível para este “fenômeno” da Sae – em manter um serviço de uma empresa como a Celg mesmo sem pagamento. No entanto, a reportagem do Blog teve acesso ao endereço que consta nos talões vencidos: av. João Netto de Campos, 346 – setor Matilde. CEP 75701-970 – Catalão (GO).

E também a confirmação de que já são cinco faturas vencidas e que foram feitas tentativas de desligamento, mas a equipe da Celg é impedida por funcionários da Sae e ainda é ameaçada.  Difícil de acreditar, mas é a verdade. Se tiver dúvidas ou questionamentos, procure pelo escritório regional da Celg, que funciona em frente à agência do Banco do Brasil, no Centro de Catalão, até às 17h.

Nos dias 29 e 30 de junho, o curso de Psicologia do CESUC recebeu uma comissão de avaliação de especialistas do Ministério da Educação – MEC composta por dois professores, que após avaliarem as instalações físicas, a proposta pedagógica do curso e a qualificação do corpo docente, classificaram o curso com um conceito NOTA 4 em uma escala de 1 a 5.
 
O CESUC se orgulha de formar psicólogos aptos ao exercício profissional competente, ético, com visão comprometida com as demandas sociais.
 
O resultado positivo deste processo de avaliação realizado pelo MEC vem confirmar a qualidade da formação científica e humanizada que o CESUC tem oferecido aos seus alunos e mostra que o CESUC está no caminho certo se tornando cada vez mais referência para outras instituições do País.
 
Parabéns a todos os envolvidos nesta avaliação!! Parabéns ao CESUC !
Fonte: CESUC 

Na manhã desta terça-feira (11), a Polícia Militar estava em patrulhamento de rotina quando dois jovens foram vistos à margem de uma das represas do bairro Monsenhor Souza. Os jovens notaram a presença dos policiais e um deles jogou uma arma dentro da represa, com a intenção explícita de se livrar de possíveis provas de crimes cometidos no bairro e mediações.

A Polícia Militar deteve os dois rapazes e acionou o Corpo de Bombeiros para auxiliar na busca pela arma arremessada na água. Em instantes, a equipe náutica do 10º Batalhão já estava no local e em menos de cinco minutos as armas foram localizadas.

O Capitão Prudente, subcomandante do Corpo de Bombeiros de Catalão, em entrevista, disse que foram encontradas duas armas, sendo uma das armas de calibre 38, preta, e estava carregada. A segunda arma estava com um dos rapazes e foi localizado pela Polícia Militar escondida com um dos rapazes.

A Polícia ainda foi até a residência de um deles e lá foram localizadas outras munições e encontradas uma bicicleta de aro 29 e uma moto Honda Titan, vermelha.

Os rapazes foram encaminhados para delegacia da Polícia Civil, para serem ouvidos. E até o fechamento desta edição não foram informados os crimes os quais os rapazes devem responder, mas a Polícia Militar informou que os dois rapazes têm passagens pela polícia por crimes como de hoje, furto e roubo.

Rapidez

A rapidez em reaver as armas jogadas pelos jovens na represa do Monsenhor Souza foi possível porque recentemente o Corpo de Bombeiros de Catalão recebeu uma doação de itens para resgate e prontoatendimento. Destes produtos, avaliados em mais de R$ 100 mil, estão itens de comunicação subaquática que poucas corporações no Brasil têm como itens opcionais de rotina. A doação foi feita por iniciativa privada.

A renovação de benefícios do Programa Bolsa Universitária (PBU), da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), termina no dia 20 deste mês. Mais de oito mil estudantes já realizaram o recadastramento, de um total de 14 mil que precisam atualizar seus dados.

O procedimento é obrigatório para os estudantes que já são beneficiários do programa e deverá ser feito somente on-line. Quem não renovar será desligado do Programa.

Para fazer a renovação, o bolsista deve acessar o Site da OVG, Portal Bolsa Universitária, Central do Aluno. O estudante deve digitar o CPF ou número da inscrição e preencher o formulário. Somente os alunos que cumpriram a contrapartida exigida pelo programa poderão fazer o procedimento.

O Programa Bolsa Universitária (PBU) completou no último, mês de abril, 18 anos de existência e, neste período, beneficiou 170 mil estudantes. É voltado a universitários matriculados em instituições de ensino superior privadas, situadas em todo o Estado de Goiás e parceiras da OVG.

O critério socioeconômico é sempre o principal parâmetro de avaliação para a seleção dos alunos. A renda familiar máxima para concorrer à Bolsa Parcial é de seis salários mínimos e para a Bolsa Integral, de três salários mínimos.

O PBU tem 75 Instituições de Ensino Superior cadastradas, contempla estudantes de 224 municípios goianos e conta com 1.200 entidades parceiras para o cumprimento da contrapartida, uma exigência feita aos bolsistas, que passam a atuar em instituições governamentais ou não governamentais, cumprindo jornada compatível com seus horários na faculdade ou no emprego.

Serviço:

Renovação do Programa Bolsa Universitária vai até 20 de julho

Quem deve fazer: beneficiários do Programa

Como fazer: on-line, no endereço www.ovg.org.b – Portal Bolsa Universitária/Central do Aluno

Profissionais serão destinados à Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás. Inscrições terminam no dia 30 de julho.

A Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) abriu um processo seletivo para preenchimento de oito vagas temporárias na área de gestores de engenharia e arquitetura. Os salários chegam a R$ 4.100, com carga horária de 40 horas semanais. O prazo para inscrições vai até o dia 30 de julho e a taxa custa R$ 60. O edital com todos os detalhes estão no site do órgão.
 
Os profissionais contratados serão destinado à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP). Do total, serão quatro vagas para engenhos civis, duas para engenheiros eletricistas e duas para arquitetos. Os candidatos terão o prazo para pagar a taxa de inscrição até o dia 31. A seleção dos candidatos será realizada através de aplicação de prova objetiva, análise curricular e entrevista.

Escrito por:  Thiago Ferreira

Na manhã deste sábado (8), a praça Getúlio Vargas amanheceu colorida e repleta de solidariedade. Roupas e artigos diversos foram distribuídos na praça pelo “Varal Solidário”, cujo propósito é bem simples: as pessoas levam para casa o que bem quiserem, mas em troca deixam algum desapego, para que outros possam experimentar e levar pra casa também.

O que seria o início de um ciclo de solidariedade terminou em frustração. A Prefeitura de Catalão, através da Secretaria de Administração, foi até a praça Getúlio Vargas e exigiu que a ação fosse finalizada, motivados pela concepção de que o evento era irregular e inapropriado para a praça.

Divulgado de forma simplória, via redes sociais, a ideia era que se aproveitasse o sábado para ser iniciada uma corrente do bem. E o projeto veio a calhar: Catalão tem enfrentado a semana mais fria de 2017. Mas a iniciativa não foi bem recebida pela Prefeitura e o evento acabou bem antes do previsto.

Quem teve a chance de acompanhar o “Varal Solidário” elogiou a iniciativa. Outros ficaram consternados com a atitude de verdadeiro e explícito boicote por parte da gestão pública municipal e foram às redes sociais para reclamar.

Sobre o evento

Para melhor compreensão dos catalanos, os organizadores decidiram usar o nome de “Varal Solidário”. Porém, o projeto original roda o mundo e é bem respeitado: The Street Store – www.thestreetstore.org

Aconteceu hoje (8), por volta das 2h, um grave acidente na BR-050 em que um motociclista bateu na barreira de proteção lateral do viaduto próximo à mineradora Vale.

A moto despedaçou com o impacto e o condutor foi arremessado e caiu de uma altura de 30 metros. Ele foi encontrado caído na estrada que dá acesso à mineradora e passa por baixo da BR-050 – sequência da avenida presidente Médici.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado e esteve no local, porém o condutor já estava sem sinais vitais. Assim, o IML foi acionado para remoção do corpo.

O motociclista foi  identificado pelos bombeiros por, Anderson Mesquita Rosa, de 43 anos de idade, a vítima era agente de trânsito  da SMTC, Superintendência Municipal De Trânsito De Catalão.

As causas do acidente não foram esclarecidas pela Polícia Rodoviária Federal, que registrou o caso e também esteve no local para verificação. Apesar de estar na estrada municipal, não ficou dúvidas de que a colisão foi entre moto e objeto fixo na BR-050, sentido Brasília a Catalão.

A motocicleta ainda pegou fogo e a PRF acredita que a velocidade praticada pelo condutor era incompatível com a velocidade permitida.

A equipe do Blog Diante do Fato lamenta a morte do rapaz e registra as condolências à família do motociclista morto.

Um menor de 17  anos  foi apreendido  em Catalão nesta noite de sexta-feira (7), por volta das 18h, após tentar roubar um supermercado na avenida Vera Cruz, que fica no bairro Vila Chaud.

A tentativa foi frustrada com auxílio de populares, que renderam o suspeito e evitaram que o crime fosse cometido.

A Polícia Militar foi acionada e menor  foi  encaminhado à delegacia de plantão da Polícia Civil.

Testemunhas informaram à Polícia Militar que o outro suspeito de participar da tentativa de roubo fugiu de moto.

Também disseram que o suspeito de tentar roubar o supermercado estava com uma arma de mentira e foi violento. Ele agrediu o dono do estabelecimento que estava no caixa. Mas clientes próximos reagiram e seguraram o suspeito.

A Polícia Militar informou que o caso deve ser investigado pela Polícia Civil e que câmeras de circuito de segurança podem ser entregues à Civil para facilitar a identificação do segundo suspeito de participar da ação.

A Polícia Militar efetuou um cerco na região em busca do segundo suspeito, mas até o momento não se tem pistas e apenas um deles foi detido e levado à delegacia.

O  menor infrator foi encaminhado a delegacia, ouvido  e liberado.

Na manhã desta sexta-feira (7), o GERNAC – Grupo Especial de Repressão a Narcóticos – deflagrou a Operação _”CONEXÃO DAVINÓPOLIS” a partir das 6h cinco prisões preventivas e cumpriu mandado para busca e apreensão em cinco locais distintos. De acordo com o delegado do GENARC, Fernando Maciel, foram seis meses de investigações.

Neste período, foi possível monitorar e identificar os trabalhados desempenhados pela quadrilha, que agia em Catalão e na cidade de Davinópolis – a cerca de 50km de Catalão.

Um casal de jovens foi preso em Catalão como responsáveis pela compra e todo o esquema da droga. Outros dois envolvidos faziam o transporte e a entrega para pontos específicos na cidade e também em Davinópolis. E na cidade vizinha, uma quinta pessoa era responsável em distribuir as drogas na cidade, sempre agindo à noite – quando não há patrulha de rotina da Polícia Militar na cidade.

As prisões foram feitas por tráfico de entorpecentes, associação ao tráfico e receptação. Em Catalão, as prisões aconteceram na Vila Erondina. Os envolvidos são todos jovens e a Polícia Civil confirmou que um deles é filho de um policial militar de Catalão e que este mesmo jovem já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas em Davinópolis.

Todos foram presos e apresentados nesta manhã. Dos produtos apreendidos estão: três celulares, 2,150kg de Maconha, 276g de pasta-base de cocaína, 104g de cocaína em pó, insumos para aumentar a quantidade das drogas, 25 munições intactas de calibre 765, 01 pistola calibre 765, balança de precisão e a quantia R$2.150,00 em dinheiro.

Outros crimes

O delegado à frente da operação, Fernando Maciel, informou que participaram das investigações mais de 30 policiais e que só agiram após colherem provas concretas do envolvimento destes jovens no mundo do crime. O tráfico de drogas era apenas um dos segmentos ilícitos. Emprestava-se armas para que terceiros cometessem delitos por Catalão, furtos a comércios e residências, ainda mantinham esquema de entrega de drogas e outros produtos para dentro da cadeia de Catalão.

Dois indivíduos não foram encontrados e já são considerados foragidos da justiça, ambos moradores de Davinópolis-GO.

Página 4 de 653« Primeira...234567...2030...Última »